ESG é tema de nova pesquisa lançada pela CVM

Participe e colabore para melhorias na divulgação de informações aos investidores sobre aspectos ambientais, sociais e governança

 

Questões relacionadas aos aspectos ASG (fatores ambientais, sociais e de governança – ESG em inglês – aplicados no processo de avaliação de riscos e/ou oportunidades para os negócios) vêm ganhando cada vez mais destaque no mercado de capitais.

A CVM, por meio da Instrução CVM 480, exige que sejam reportadas informações materiais dos aspectos socioambientais das companhias sob sua supervisão em seus formulários de referência.

Com o intuito de avaliar possíveis melhorias na transparência de tais informações ao público investidor do mercado de valores mobiliários, a Assessoria de Análise Econômica e Gestão de Riscos (ASA/CVM) lança pesquisa para obter nível de compreensão desse público a respeito do tema e como ele influência, ou não, em suas escolhas de investimentos.

O resultado da pesquisa servirá de subsídio para o estudo que está sendo desenvolvido pela área. 

PARTICIPE DO QUESTIONÁRIO

5 MINUTOS APENAS

ATÉ 30/11

"Nos últimos anos, observamos um interesse crescente dos investidores por informações ESG e um desenvolvimento acelerado do conteúdo e da forma em que as informações são reportadas pelos emissores, seja voluntariamente ou em decorrência de obrigações legais e regulatórias. A pesquisa é fundamental para avançarmos no desenvolvimento desse estudo tão importante para o mercado" - Bruno Luna, Chefe da ASA/CVM.

CVM e Questões ASG

Conhece as frentes de atuação da CVM com relação ao tema? Confira algumas delas!

• Umas das entidades gestoras e participante ativa do Laboratório de Inovação Financeira (LAB).

• Contribui na promoção de melhores práticas financeiras em sustentabilidade por meio da regulamentação de instrumentos financeiros, garantindo transparência, consistência e eficiência ao mercado de capitais. Exemplos: Instruções CVM 588 (crowdfunding – permite investimentos que geram impactos socioambientais positivos) e 480.

• Fomenta educação financeira sobre o tema e o engajamento com instituições relevantes promotoras da agenda de finanças sustentáveis (nacional e internacional). Exemplos: Sustainable Finance Network e Sustainability Task Force (da IOSCO).

Fonte: CVM, em 16.11.2021